UTF-8" /> O equilíbrio entre a razão e a emoção no Marketing - Casa de PalestrasCasa de Palestras

Luciana-Lanchote-Marketing-Matemarketing

 

Nesse universo globalizado, holístico e despreparado em que estamos inseridos é
comum a recorrente troca de informações e a grande necessidade em fazer mil coisas ao
mesmo tempo. Na pressa do dia a dia, muitos acreditam que ainda é possível viver de paixões
sem encontrar desilusões. E nesse momento, eu te trago para refletir: é possível criar sem
enumerar? é possível planejar sem ter uma meta? é possível idealizar sem saber quantificar?
Com milhões de dados e informações acontecendo, fica cada vez mais difícil uma
empresa executar qualquer tipo de ação, principalmente na área de marketing, sem antes
avaliar, numericamente, seu contexto. A essa nova tendência do marketing, que busca o
equilíbrio entre “a razão e a emoção”, dá-se o nome de Matemarketing.
Matemarketing é a relação entre os números e o processo criativo da publicidade. Ou
seja, não haverá mais espaço para simplesmente achar que vai dar certo ou fazer diferente do
concorrente, apenas. Todo “achismo” ou conhecimento mínimo, antes de ser praticado deve
ser trabalhado estatisticamente. Assim, toda e qualquer informação entregue, de forma direta
ou indireta, pelos consumidores e mercado em geral, não pode ser ignorada.
Os números, as métricas, parâmetros ou siglas que sempre foram considerados
entraves na área de marketing, passam a ser aliados do processo de criatividade que não atua
solitariamente, mas solidariamente. Quando os dados coletados, passam pelo processo de
análise e contextualização, as estratégias resultantes tendem a ter o seu erro, certamente,
minimizado.
As vantagens do Matemarketing contemplam: a previsibilidade de um comportamento
– uma vez que tendências são geradas, as ações são melhores aceitas; a agilidade frente as
inovações – a informação mudada altera diretamente o resultado e a estratégia; aumento dos
resultados – já que os erros são minimizados; processos de marketing mais eficientes e mais
eficazes – sem a necessidade de tentativa-e-erro, as ações ficam mais assertivas, econômicas,
ágeis e lucrativas; e, por fim há uma alinhamento com todo o mercado e um olhar crítico
pode ser o “pulo do gato” da concorrência.
Como fatores a serem vistos com cautela, destaca-se: a qualificação e preparação dos
dados coletados quanto a sua confiabilidade – ao questionar um consumidor sobre a nota que
ele daria ao atendimento, ele está racionalizando uma emoção vivenciada e por isso, mesmo
acreditando ser honesto é possível que não esteja sendo verdadeiro; os profissionais

envolvidos: os profissionais de marketing são capacitados para a criação e assim faz-se
necessário elaborar uma equipe multidisciplinar, incluindo preferencialmente um estatístico.
Embora a aplicabilidade do Matemarketing esteja evidente no marketing digital
principalmente com o uso de tecnologias que facilitam cada vez mais o processo, não fica
restrita, podendo acontecer também na produção offline.
E, se ainda restar alguma dúvida da importância dos números na área de marketing da
empresa, olhe para você e a sua volta e conte quantas marcas você tem acesso
instantaneamente? 20? 30? mais de 50? Porque você as escolheu? Provavelmente não se
lembra mas elas estão presentes no momento que você acredita não estar consumindo, mas
elas sabem onde você está. Cada vez mais que um consumidor é conhecido e entendido,
maior será a chance de aceitação de um produto ou serviço, a oportunidade estará criada.

Por Luciana Lanchote

No comments, write the first!

Leave a Reply

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de consultores estão online!